Possui 11 unidades agroindustriais em operação nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Norte, além de um terminal próprio no porto de Santos (SP).

Sua origem remonta a 2000, quando o Grupo Louis Dreyfus Commodities, que tem mais de 160 anos de história no mercado global de commodities e sucroalcooleiro no Brasil, adquiriu a usina Cresciumal, em Leme (SP).

Nos anos seguintes, outras usinas foram incorporadas ao grupo, até que, em 2009, nasceu a LDC-SEV – que futuramente se tornaria a Biosev –, a partir da fusão da LDC Bioenergia, do Grupo Louis Dreyfus Commodities, com a Santelisa Vale, uma importante produtora e processadora de cana-de-açúcar.

A grande conquista, nesse período, foi a consolidação de uma plataforma competitiva, com produtividade crescente e eficiência operacional, numa base essencialmente sustentável.

Com o passar dos anos, a companhia elevou sua capacidade anual de processamento de 900 mil toneladas para 36,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

Hoje, a Biosev comercializa seus produtos no Brasil e em mais de 30 países da América do Norte, Europa, África, Ásia, Oriente Médio e Oceania.

Autossuficiente na produção de energia, a Biosev ainda conta com a capacidade de exportação de 1.346 GWh de energia elétrica

A Biosev abriu o capital em 2013, e desde então suas ações são negociadas no segmento Novo Mercado da BM&FBOVESPA.