25 de setembro de 2019

Biosev leva Programa de Combate a Incêndios a escolas

A Biosev S.A. (B3:BSEV3), uma das líderes do setor sucroenergético, mantém o Programa de Prevenção e Combate a Incêndios, iniciativa que visa minimizar os prejuízos provocados pelo fogo, tanto para os canaviais, como para o meio ambiente. Nas últimas semanas, como parte do Programa, a empresa intensificou a agenda de palestras em escolas de 14 cidades, com o objetivo de conscientizar os alunos sobre o tema.

Aproximadamente 2.000 estudantes assistiram às aulas especiais em Colômbia, Leme, Morro Agudo, Orlândia, Pitangueiras, Pontal, São Joaquim da Barra e Sertãozinho (todos em SP), Capoeirão, Japaraíba, Lagoa da Prata e Luz (em MG), Maracajú e Rio Brilhante (em MS). Também foram distribuídas cartilhas para os jovens levarem para casa e dividirem os aprendizados com suas famílias.

“Além de toda a estrutura de prevenção e combate que o Programa possui, e que é necessária, a agenda mais importante é ensinar e lembrar para a população que com cuidados simples é possível evitar um incêndio. A ação que desenvolvemos nas escolas estimula a nova geração a ter mais consciência, fazer diferente, multiplicar as boas práticas e ainda influenciar outras pessoas”, explica Ricardo Lopes, diretor de Operações da Biosev.

Como complemento à atuação em escolas, a Biosev também realiza parcerias com diversas entidades nas regiões onde atua em campanhas de conscientização da população. Mas o cuidado com o tema começa dentro de casa, para observar os canaviais, a Biosev conta com sistema de monitoramento via satélite, que identifica focos de incêndio e dispara imediatamente alertas para os times responsáveis iniciarem o combate ao fogo.

“Esse sistema já está implementado em cinco unidades: Vale do Rosário e Leme, no estado de São Paulo, nas duas unidades do Mato Grosso do Sul (Rio Brilhante e Passa Tempo) e na unidade Lagoa da Prata (MG). Priorizamos essas localizações por serem, historicamente, as que possuem maior incidência de incêndios. Para a próxima safra, a estratégia é ampliar a cobertura para as demais unidades”, complementa Lopes.

Em caso de incêndio

O Programa de Prevenção e Combate a Incêndios reúne diversas ações que fazem a diferença quando o assunto é fogo. Tanto que na safra 18/19 reduzimos em 43% os números de ocorrências de incêndios e fragmentos florestais atingidos, em relação à safra anterior. É importante frisar que a Biosev não utiliza o fogo como forma de manejo já que 100% de sua colheita é mecanizada.

Brigada de Incêndios constantemente treinadas, mapa de criticidade das áreas a partir de avaliação de fazendas com relação ao risco de incêndios, torres de observação, aceiros, placas de alerta de área monitorada e rondas de monitoramento para inibir incêndios criminosos, Plano de auxílio mútuo de combate a incêndios (PAM), operações agrícolas permitidas somente com a presença de caminhão pipa, entre outros integram o Programa.

Apesar de todos os cuidados tomados, os índices de focos de incêndio aumentam entre os meses de julho e outubro, já que durante o período o tempo fica mais seco, os ventos aumentam e as temperaturas permanecem altas.  Vale ressaltar que a companhia disponibiliza uma central para alertas em caso de incêndio ou outra emergência, que funciona sete dias na semana e 24 horas. O telefone é aberto à toda a comunidade, e as ligações são gratuitas e anônimas. Fale com a Biosev: 0800 940 9199.