25 de setembro de 2018

Biosev leva projetos culturais para interior de São Paulo

Biosev leva projetos culturais para interior de São Paulo

A Biosev S.A. (B3:BSEV3), uma das líderes do setor sucroenergético, traz a partir desta semana para cidades do interior paulista diferentes projetos culturais, patrocinado pela companhia por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo (ProAc).

Da última semana de setembro até o final de outubro serão três programações diferentes, envolvendo crianças, jovens e adultos, em nove cidades. Os projetos vão desde oficinas artísticas e fotográficas, até três apresentações teatrais diferentes, que vão capacitar profissionais da educação, ensinar habilidades para jovens de escolas públicas, e educar crianças sobre reciclagem e respeito ao próximo.

“A Biosev acredita na importância da cultura para o desenvolvimento da sociedade, e por isso apoiar esses projetos é tão importante para nós”, afirma Maria Paula Ferreira Curto, diretora de Recursos Humanos, Comunicação e Responsabilidade Social da Biosev. “Queremos levar diversão e aprendizado não apenas para a família dos nossos colaboradores, mas também para os moradores dos municípios onde temos operação”, completa.

Circulando com Bonecos

O projeto, que terá início nessa semana em Leme, sede de uma das usinas da Biosev, passará por outras sete cidades paulistas, em 63 eventos que devem reunir mais de 6.000 pessoas de todas as idades.

A ação começa com duas oficinas de confecção de bonecos com materiais descartados, uma para educadores e outra para crianças. Na primeira, professores participam de curso de capacitação em confecção de bonecos, com dicas para utilização em atividades letivas futuras. Já nas sessões infantis, os fantoches são construídos ao longo de uma aula sobre reutilização, reciclagem e separação correta do lixo doméstico.

O Circulando com Bonecos também oferece apresentações teatrais com fantoches, de acesso gratuito ao público. No espetáculo “No Curso do Rio”, o caipira Zé Dito leva os espectadores para um passeio em sua canoa, ensinando sobre preservação da natureza. Já a peça “Bonecos, Ritmos, Músicas” o pescador Clarivasdo contagia a plateia com diferentes estilos musicais que ele conhece ao chegar em São Paulo.

Confira a data das apresentações:

Leme
• 25/09, às 8h30, na E.E. Profº José Pedro de Moraes
• 25/09, às 15h, na E.E. Newton Prado

Pitangueiras
• 05/10, às 9h, no Teatro Municipal
• 06/10, às 17h, no Teatro Municipal

Sales Oliveira
• 09/10, às 9h, no Centro Cultural Santa Rita
• 30/10, às 14h, no Centro Cultural Santa Rita

Viradouro
• 24/10, às 9h, no Centro Cultural
• 24/10, às 13h30, no Centro Cultural

São Joaquim da Barra
• 29/10, às 15h30, no Auditório Arthur Parada
• 30/10, às 14h, na EMEI Arthur Parada

Barretos
• 02/12, em local a ser definido
• 03/12, às 8h30, em local a ser definido

Crianças em exposição de outra edição da Cidade Através da Lente (Crédito: Karina Bacci/Divulgação)

Crianças em exposição de outra edição da Cidade Através da Lente (Crédito: Karina Bacci/Divulgação)

Cidade Através da Lente

As cidades de Colômbia e Leme, que abrigam unidades da Biosev, receberão o projeto Cidade Através da Lente, com oficinas fotográficas para jovens de 10 a 17 anos. O trabalho acontece em parceria com a Secretaria de Cultura do município e a Secretaria Estadual de Cultura, e patrocínio da Biosev.

A ação vai reunir em cada cidade 40 jovens, selecionados pela secretaria de Educação municipal, em torno do tema “Tecnologia no Campo”. No início, os estudantes terão aulas teóricas e práticas em oficinas fotográficas e artísticas. Depois a turma é convidada para tirar suas próprias fotografias, despertando um olhar diferenciado para as paisagens que já fazem parte do dia a dia do grupo, como as plantações de cana-de-açúcar e usinas da Biosev.

As fotos dos jovens ainda farão parte de uma mostra fotográfica aberta aos moradores do município, para que os trabalhos criados por eles possam ser compartilhados com toda a cidade. Além disso, as câmeras semiprofissionais usadas no projeto serão doadas aos municípios.

Confira as datas:

Colômbia
• De 25 a 28/09, na Academia da Saúde

Leme
• De 16 a 19/10, na APAS

As datas e locais das exposições fotográficas serão definidas posteriormente.

Krokchips

No mês das crianças, a peça Krokchips fará nove apresentações gratuitas em municípios na região de Ribeirão Preto, com classificação livre.

Na história, a extraterreste Didofina foge de uma guerra em seu planeta natal, Krokchips, e sua nave acaba caindo numa fazenda brasileira. Lá ela conhece Joana Cheiro Verde, uma garota que sofre bullying por ser desastrada. Em uma lição sobre respeito às diferenças, as duas se unem para recuperar a nave de Didofina, para que ela possa voltar para casa em segurança.

A história será contada nos palcos dos seguintes municípios: Guará, Leme, Sertãozinhoi, Colômbia, Ribeirão Preto, Pontal, Orlândia, Viradouro e Pitangueiras, de 1º a 21 de outubro.

Confira a data das apresentações:

Guará
• 01/10, às 13h30, na Escola Urbano de Andrade Junqueira Eng. Agrônomo EMEB Unid. I

Leme
• 02/10, às 14h, no Anfiteatro Prof.ª. Salete Ap. Ciccone Marchi

Sertãozinho
• 03/10, às 15h, no Teatro Municipal de Sertãozinho

Colômbia
• 04/10, às 8h, na Escola Municipal EF Mação Nozaki

Ribeirão Preto
• 05/10, às 14h, no Teatro Santa Rosa

Pontal
• 11/10, às 15h, no Teatro Municipal

Orlândia
• 12/10, às 16h, no Teatro de Arena

Viradouro
• 19/10, às 8h, no Centro de Formação Turístico e Cultural

Pitangueiras
• 21/10, às 19h30, no Teatro Municipal Luis da Silva