A matéria-prima da Biosev é a cana-de-açúcar. A companhia conserva áreas de reserva legal e de preservação permanentes e investe em novas tecnologias de preservação ambiental em suas áreas de cultivo e na produção de mudas de espécies florestais nativas para a proteção de matas ciliares, nascentes e áreas de alto valor para conservação. Investe, igualmente, em treinamento e capacitação dos profissionais que atuam em seus viveiros, em ações de educação ambiental e na doação de mudas a escolas públicas, comunidades e produtores rurais.

Os viveiros das unidades da Biosev em Vale do Rosário (SP), Continental (SP), Santa Elisa (SP), Lagoa da Prata (MG), Giasa (PB) e Estivas (RN) têm capacidade de produção anual de 410 mil mudas nativas, incluindo várias espécies dos biomas da mata atlântica e do cerrado, como angico, jatobá, cedro, paineira, ingazeiro e ipê.

Na safra 2013-2014, houve um acréscimo de 1.263 hectares (8,68%) de áreas protegidas, em relação à safra anterior. Registrou-se ainda, no mesmo período, um total de 18 hectares de habitats restaurados.